Bicentenário Jane Austen 1817-2017

O bicentenário da morte de Jane Austen tem início hoje, 18 de de julho de 2017. Jane Austen faleceu em 18 de julho de 1817 em Winchester, Inglaterra, e foi sepultada na catedral da cidade.

A cerimonia do funeral, no dia 24 de julho, foi administrada pelo reverendo Thomas Watkins, chantre¹ da catedral e capelão da universidade de Winchester de onde provavelmente conhecia a família Austen.

Minha homenagem nesta data será com um soneto de William Shakespeare na tradução de Ivo Barroso que também traduziu Razão e sentimento e Emma de Jane Austen 50 Sonetos, Nova Fronteira.

Soneto 60

Quais ondas rumo aos seixos de uma praia,
Nossos minutos correm para o fim,
Cada qual sucedendo ao que desmaia,
Lutando por chegar mais longe enfim,
O nascimento, luminoso instante,
Para a maturidade avança herói;
Eclipses frustram sua glória adiante
E o Tempo que o gerou ora o destrói.
Trespassa o Tempo o ardor da juventude,
Enruga a face da beleza opima;
Nutre-se do que é raro em plenitude,
Nada lhe escapa à foice que dizima.
__Mas meus versos esperam no papel,
__Louvando-te, vencer a mão cruel.

E para finalizar, um presente para os leitores do Jane Austen em Português.  Clique neste link e baixe uma imagem com seis ex-libris iguais ao da foto abaixo para imprimir quantos quiser.

Bicentenário Jane Austen 1817-2017 

Bicentenário Jane Austen 1817-2017

 

6 comentários sobre “Bicentenário Jane Austen 1817-2017

  1. Amanda Vieira disse:

    Que lindo, Raquel!

    É incrível como a gente pode se sentir tão próximo de alguém que viveu há tanto tempo…

    Só a literatura é capaz de fazer isso.

    Para sempre, Jane <3

    • Raquel Sallaberry Brião disse:

      Rita,

      acho este soneto maravilhoso e me pareceu ideal para a homenagem, que bom que você também concorda que se encaixa muito bem para a efeméride!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *