Qual livro?

Eu havia prometido escrever sobre o artigo “The healing power of Jane Austen” [o poder de cura de Jane Austen], mas descobri que é baseado em outro artigo, “Emma Thompson says work saved her from ‘going under’ in her battle with depression” [Emma Thompson diz que o trabalho a salvou de afundar em sua luta com a depressão], ambos do Telegraph e que por sua vez transcrevem partes de uma entrevista do programa Desert Island Discs da BBC Radio 4.

Nesta entrevista Emma Thompson fala de sua luta com a depressão agravada pelo final de seu casamento com Kenneth Branagh e como se entregou ao trabalho, na época escrevendo o roteiro de Razão e sensibilidade.

I used to crawl from the bedroom to the computer and just sit and write, and then I was all right, because I was not present,” the actress and screenwriter said. “Sense and Sensibility really saved me from going under, I think, in a very nasty way.”

Eu costumava engatinhar do quarto para o computador e apenas sentar e escrever, e então eu ficava bem, porque eu não estava ali” […] “Sense and Sensibility realmente me salvou de afundar [na depressão], acredito, de uma forma muito desagradável.”

Como sabemos, mais tarde, Emma casou-se com o ator Greg Wise, que fez o papel de Willoughby em Razão e sensibilidade. Na época das filmagens ela ainda estava casada com Branagh e conta uma historia engraçada.

Greg Wise no início dos trabalhos passou a assediar Kate Winslet pois um advinho havia dito que ele encontraria sua futura esposa no set de filmagem. Emma lembra dele levando Kate para passear em Glastonbury, que detestou pois achou o lugar muito riporonga. Greg que de fato é um bocado hippie, pensava “isto não está funcionando… acho que ela é a pessoa errada”!

Esta é a história de Emma. E vocês tem alguma história semelhante, algum livro especial para situações difíceis?

Emma Thompson. Maravilhosa!

Imagem BBC Radio 4

7 thoughts on “Qual livro?

  1. Você escolheu uma foto linda, Raquel! Um dia chegaremos lá na valorização da pessoa pelo que é, e não pelo número de rugas que (não) tem.

    E que uma senhora pode e deve exibir o melhor brinco, o melhor batom, a melhor roupa e o melhor de seus cabelos grisalhos.

    E, claro, ter seu Greg Wise. Mesmo assim, se lhe for do agrado.

  2. Fiquei surpreso ao saber que Emma Thompson já passou por uma depressão profunda. Nunca imaginaria que uma mulher tão bem-sucedida e talentosa teria enfrentado um problema assim tão difícil. Mais uma prova de que a depressão não faz distinção alguma ao atingir as pessoas.
    Para mim, os livros mais indicados para enfrentar situações difíceis são os diários de guerra. Meio paradoxal, né? Mas é que lendo os diários de guerra, vemos que nossos problemas do cotidiano são microscópicos em relação aqueles que viveram ou vivem tempos tão nefastos como os de guerra. Ou seja, ajuda bastante a superar as dificulades, pois geram força e coragem. Já li “O Diário de Anne Frank” e “O Diário de Zlata – A vida de uma menina na guerra” e constatei isso em ambos. Apesar de serem muito tristes, são lições de vida.

    • Júnior,

      uma boa idéia: se está com problemas, olhe ao seu redor!

  3. Tambem acho difícil imaginar uma mulher bem sucedida e bonita com Emma Thompson com depressão, mas é engraçado ver como a vida se resolve de modo tão completo que chega a ser engraçado!

  4. Assim como os outros, ao ler a parte em que fala que ela teve depressão me fez ficar surpresa! Mas felizmente acabou tudo bem! Admiro muito essa atriz, além de excelente interpretação, ela escreve muito bem!! Em relação ao livro para se enfrentar uma situação difícil é o Sem medo de viver de Max Lucado.

    Abraços.

Comments are closed.