Persuasão – 2007

  • Persuasion | 2007 | UK/USA
    ITV – PBS – YLE
    Direção de Adrian Shergold
    Adaptação de Simon Burke
  • Anne Elliot: Sally Hawkins
    Captain Frederick Wentworth: Rupert Penry-Jones
  • IMDb

Anne e Frederick, Persuasão 2007

Captura de tela, minha.

Sally Hawkins Rupert Penry-Jones

33 thoughts on “Persuasão – 2007

  1. Todas as pessoas que conheço gostam desse filme, bem eu serei um pouco contraditória.
    Assisti essa versão de 2007 e não me entusiamou muito. Achei muito sombrio e pareceu repetitivo demais.
    Salvo que Anne Elliot é, ao meu ver, a personagem feminina de JA mais real e ponderada, pois as demais são sempre exageradas em alguma coisa. Ela é a minha segunda preferida, perdendo apenas para a Elinor Dashwood.

  2. Eu assisti a essa versão de 2007. Eu li o livro e criei uma imagem de anne na minha cabeça. No filme ela era meiga e educada, mas tão largada!!!! Eunão gostei da anne no filme.

  3. Vanessa,
    gosto muito da Anne, mas concordo que no filme ela mais parece uma das criadas e a irmã mais velha que no livro é tida por bonita, eu achei bem feia, isso sim!

  4. Oi!
    Essa versão é de um filme ou de uma série? Estou louca (pra não dizer DESESPERADA para conseguir TODAS as versões das obras de JA, em séries ou filmes, mas tenho muito receio de fazer compras pela internet. Por favor, sepuder, me ajude.
    Grata.

  5. Marcela,
    procure em sites escritos em português sobre DVDs e sempre se certifique sobre a região do DVD.

  6. Na FNAC portuguesa há alguns DVD. Tenho vindo a comprar, sempre que há tempo….($$$$$$) :)
    Também aceitam encomendas via net.

  7. Ana,
    nosso medo é que o DVD português não seja com compatível com os nossos DVDs Player… ou quando chegue na alfândega seja taxado em torno de 60%. Não, não me pergunte como funcionam as leis brasileiras de importação ou começo a chorar. De raiva.

  8. Que horror!!!!!! mais vale alguém deste lado do Atlântico comprar e enviar via correio normal. É uma pena porque eu já tenho algumas das séries e filmes e comprei todos lá….

  9. Olá, eu nunca assistir ao filme, mais tenho o livro.
    Eu procurei mais sobre a autora depois de Persuasão ter sido mencionado no filme A casa do lago com Sandra Bullock e Keanu Reeves, achei interessante a maneira que ela falou do livro na história até que comprei ele pra mim. Gostei muito, apesar de ter achado bastante detalhista (Podem até não concordarem comigo), mais eu achei que a autora foi bastante detalhista e isso cansa o leitor. Fora isso, o livro é fascinante, a história é linda, é um romance em que podemos vê-lo de várias formas e que se enquadra em vários estilos, enfim, Jane Austen passou a ser minha autora preferida. É isso! E parabéns pelo site, maravilhoso.

  10. Haline,
    muito obrigada e seja bem-vinda ao Jane Austen em português!

  11. Eu sou um verdadeiro adorador da Sally Hawkins! Para mim, já é motivo suficiente para procurar este filme.

  12. Eu gostei dessa versão… devo ser uma das poucas, creio eu!

    Li várias críticas quanto à “maratona” da Anne, mas eu gostei. Claro que eu preferia que tivessem feito como no livro, mas a mudança me surpreendeu de forma positiva. Ela correndo me fez sentir todo o desespero, toda a vontade de Anne querer salvar a que poderia ser sua última chance com o capitão.

    Mas também achei que a Anne estava muito largada. Tudo bem que ela tinha sofrido uma decepção amorosa, já não tinha todo o frescor da juventude, mas acredito que poderiam ter melhorado a atriz conforme o filme ia andando, já que no livro ela vai recuperando essa vitalidade. Não sei, um pouco mais de blush, um pouco mais de enfeites nos vestidos bastariam para demonstrar isso.

    Achei que a Sally uma perfeita Anne, delicada, resignada, que carrega um grande arrependimento e dor. E quanto ao Rupert, além de lindo, achei-o ótimo no papel.

    • Silvia,
      prefiro a de 1995 mas também gosto de alguns detalhes da de 2007.

  13. OLá, Raquel, adoro JA também.
    Para quem precisar, há livros e DVDs da JA disponiveis no site do Submarino. Eu adquiri um livro em inglês da Jane Austen com suas principais histórias por essa forma. Não custa tentar ver se constam todos os filmes. Acho que é preciso dar várias palavras chave para conseguir a versão do DVD que se quer.
    Estou começando a ler Northanger Abbey. Adoro Razão e Sensibilidade e Orgulho e Preconceito.
    até mais

  14. Gostei desse filme, esperava menos, confesso. É muito bem feito, caprichado, tem uma belíssima fotografia, que valoriza as locações… Me espantou um pouco o tom fúnebre do início. É claro que apresenta momentos difíceis da Anne, mas outros personagens, como o Sir Walter e a Mary não podem ser tratados sem ironia, até certo deboche…
    O roteiro se mantêm competente durante bom tempo, é uma pena virar aquele atropelo perto do final, com mudanças do livro sem nenhum sentido, que não funcionam. A Anne maratonista foi vergonha alheia, hein? Pensei que ela encontraria todos os personagens naquela corrida…
    A direção é que me incomodou demais, com aquela câmera trêmula, closes melodramáticos, muito deselegante. Felizmente, o filme conta com um elenco quase irretocável; a Sally Hawkins, para mim, é a personificação perfeita da Anne, e o Rupert Penry-Jones é um excelente Wentworth.
    No geral, achei um trabalho competente.

    P.S. A Elizabeth é feia demais mesmo.
    P.P.S. Impressão minha ou a Mary andava como um orangotango?

    • Rony,
      na minha opinião ficou um pouquinho cortada, mas sou suspeita por gostar muito da versão 1995.
      Acho Rupert bonito por demais mas não achei a atuação dele excepcional. Gostei muito da Sally mas continuo amando Amanda Root. A elizabeth não combina com a personagem descrita no livro como bonita e minha Mary Musgrove é Sophie Thompson, sempre!
      Orangotango? risos

  15. Raquel, ainda não vi a versão de 95, mas pretendo fazê-lo o mais rápido possível.
    E vou assistir com as melhores expectativas depois de tantos elogios seus. =P

    • Rony,
      veja e depois me conte o que achou. Você leu o livro?

  16. Li, sim, Raquel. Pode deixar, quando assistir ao filme, pretendo comentar aqui. (:

  17. jÁ VI A VERSÃo DE 1995 umas 12 vezes e gosto muito, mas admito que a versão de 1995 consegue ser mais seca que o livro e o capitão de 2007 Wentworth conseguiu me transnitir muito mais emoção que o de 1995…quanto a ANNE gostei muito das duas ,e entendi que cada atriz pegou uma faceta da anne do livro e a desenvolveu de forma mais intensa em cada versão do filme…então ao mesmo tempo que gostei muito da emoção contida da anne do primeiro film(me emocionou muito)a anne de 2007 mostrou uma resignação e uma veia apaixonada tão forte que seria dificil não gostar…acho que comentar negativamente apenas, é demonstração de que não se tem percepção das varias nuances existentes na obra de jane austen…quanto aos filmes e series de JA tenho a versão de persuasao de 2007 e 1995 e outros de JA e comprei do MERCADO LIVRE, lá encontrei a bons preços, depois de muito procurar encontrei preços mais baixos e material de qualidade recomendo que vcs procurem lá entre outros lugares !

  18. Eu não vi a versão de 1995. Mas eu gostei bastante desse filme, com algumas ressalvas.

    Devo admitir que também há um interesse feminino por esta versão. Ainda suspiro só de pensar no Rupert Percy-Jones de fraque.

    Adoro esse blog! Parabéns!

    • Lu,

      depois ver algumas vezes a versão de 1995 fui perdendo o interesse na versão 2007. Mesmo com Penry-Jones…

  19. Oi Raquel!
    Que Sally Hawkins é talentosa ninguém tem dúvidas. Mas…é feia viu! É tão difícil achar bons atores que se enquadrem na descrição do personagem? Por favor não ache que é birra minha para com a Sally. E quase todos os outros atores não se enquadram na descrição dos personagens. Acho que o Sir Walter Narcisista Eliiot diria para ess Anne;” Menina Anne, ou você vaí procurar o doutor Hollywood ou vou te deserdar!” Não, brincadeira. A Sally é boazinha. Eu acho que um penteado bonito e um pouco de maquilhagem iriam ajudar. O roteiro é bom, exceto algumas liberdades e a corrida maluca. Gostei do final, que belo presente de casamento, hein?
    PS: o Rupert é lindo, mas não consegui enxergar o Capitão Wentworth nele. Não assistir a versão 95. Estou ansiosa.

    • Lais,
      concordo com você: Rupert é muito bonito, mas não é o capitão!

  20. Não gostei muito da Anne Eliot desta versão. Gostei mais da atuação de Amanda Root no papel de Anne, aliás a adaptação de 1995 é infinitamente superior em todos os aspectos.

  21. Sou uma grande fã de JA. Ela realmente é inspiradora e sempre ATUAL. Gostaria muito de adquirir o filme Persuasão 1995. Como faço? Ele vem legendado? Tb não consegui encontrar na net o filme Persuasão de 2007. Vc teria alguma indicação? Parabéns pelo site!

    • Greice,

      muito obrigada

      Comprei Persuasão 1995 na Amazon e vem com legendas em inglês, francês e espanhol. Que eu saiba não tem com legendas em português. E torrents não são anunciados aqui no blog.

  22. Obrigada Raquel…
    Tentarei comprá-lo mesmo assim, acho que consigo acompanhar bem o espanhol.
    Qto ao Mansfield Park? Existe algum DVD em português/espanhol? Não consegui encontrar.

    • Greice,

      do Mansfield Park de 1999, tem em português, com o título Palácio das Ilusões. Mas não achei para comprar.

Comments are closed.