Bicentenário Jane Austen 1817-2017

O bicentenário da morte de Jane Austen tem início hoje, 18 de de julho de 2017. Jane Austen faleceu em 18 de julho de 1817 em Winchester, Inglaterra, e foi sepultada na catedral da cidade.

A cerimonia do funeral, no dia 24 de julho, foi administrada pelo reverendo Thomas Watkins, chantre¹ da catedral e capelão da universidade de Winchester de onde provavelmente conhecia a família Austen.

Minha homenagem nesta data será com um soneto de William Shakespeare na tradução de Ivo Barroso que também traduziu Razão e sentimento e Emma de Jane Austen 50 Sonetos, Nova Fronteira.

Soneto 60

Quais ondas rumo aos seixos de uma praia,
Nossos minutos correm para o fim,
Cada qual sucedendo ao que desmaia,
Lutando por chegar mais longe enfim,
O nascimento, luminoso instante,
Para a maturidade avança herói;
Eclipses frustram sua glória adiante
E o Tempo que o gerou ora o destrói.
Trespassa o Tempo o ardor da juventude,
Enruga a face da beleza opima;
Nutre-se do que é raro em plenitude,
Nada lhe escapa à foice que dizima.
__Mas meus versos esperam no papel,
__Louvando-te, vencer a mão cruel.

E para finalizar, um presente para os leitores do Jane Austen em Português.  Clique neste link e baixe uma imagem com seis ex-libris iguais ao da foto abaixo para imprimir quantos quiser.

Bicentenário Jane Austen 1817-2017 

Bicentenário Jane Austen 1817-2017

 

Novelas Inacabadas na Biblioteca Nacional de Portugal

As Novelas Inacabadas de Jane Austen estão na Biblioteca Nacional de Portugal, junto com a edição comemorativa de Razão e sentimento, e já disponíveis para o público como vocês podem ver neste link. Fica o aviso para as Janeites de Portugal, em especial as de Lisboa.

Em maio deste ano minha amiga Rita Watts do All Things Jane Austen participou de um evento em Portugal em homenagem a Jane Austen e entregou em meu nome o box da Nova Fronteira na tradução de Ivo Barroso e apresentação minha das Novelas Inacabadas: Os Watsons e Sanditon e posfácio de Razão e sentimento, para a Biblioteca Nacional de Portugal.

Ao dar uma olhada no acervo da biblioteca vejo que preciso comprar ainda muitos livros de Jane Austen em traduções portuguesas e também relembrei leituras comparadas que fiz com a amiga Cátia Pereira. Um dia volto para esses estudos!

Novelas Inacabadas Biblioteca Portugal

Novelas Inacabadas Biblioteca Portugal – Box Nova Fronteira

 

Piquenique à moda Jane Austen

Um piquenique à moda Jane Austen tem muitos mais itens do que somente comes e bebes como podemos ver no site Jane Austen 200. Eles oferecem um “pacote de ingredientes” para que possamos fazer o download e aproveitar em nossos piqueniques. São eles:

Imprimi os arquivos e não resisti, montei as flâmulas e o jogo da Cartomante que confesso não levo jeito para o manuseio. Mas o importante é não façamos como Emma Woodhouse em Box Hill e não destratemos a senhorita Bates de modo algum. Mr. Knightley certamente nos repreenderia: badly done, indeed!

Piquenique Jane Austen 200

Piquenique Jane Austen 200

Sorteio de Aniversário 9 anos do blog | Resultado

O sorteio de aniversário de nove anos do Jane Austen em Português teve 72 participantes e os sorteados foram os leitores da lista abaixo. Um email foi enviado para vocês de modo que respondam com seus endereços para que eu possa mandar o presentinho de vocês.

Agradeço a todos participantes e às editoras Nova Fronteira, Saraiva e L&PM que graciosamente ofertaram suas belas edições.

11 · Stella Mar Pertel Quintiliano – Box Nova Fronteira
03 · Luiz Henrique – Livros Saraiva
13 · Elisama Lucena – Livros L&PM

Jane & Me: My Austen Heritage

Jane & Me: My Austen Heritage é o título do mais novo lançamento Jane Austen. O livro é de autoria de Caroline Jane Knight, última descendente da autora que morou em Chatow House, a mansão.

Caroline vocês já conhecem da Jane Austen Literacy Foundation da qual sou uma das colaboradoras e conforme prometido estou revelando a capa no Brasil.

Esta capa é da edição KIndle que vou comprar neste momento no site da Amazon. Mais tarde verei outros sites de compra e datas mais precisas e atualizar o post.

Enquanto esperam vocês podem ler um pouco mais no site All Things Jane Austen.

Jane & Me: my Auste Heritagr

Jane & Me: my Austen Heritage

Elizabeth Bennet em Downton Abbey

Chegou a vez de Elizabeth Bennet em Downton Abbey. No post anterior sobre a série o destaque foi a senhora Bennet e sua propensão para achar que homens ricos estão sempre a procura de uma esposa. Mas voltemos a Lizzy.

A citação ocorreu no sexto episódio da sexta e última temporada de Downton Abbey. O ano é 1925 e a guerra que terminara em 1918 ainda surtia efeito na economia da Europa. Muitos nobres começaram a vender ou alugar suas propriedades por não terem mais condições sustentá-las.

Neste episódio Downton é aberto a visitação cobrando ingressos para um fim específico, ajudar o hospital local. Todos ficaram admirados com o valor expressivo arrecadado e percebe-se que há uma possibilidade de acontecer no futuro para reverter em benefício da propriedade em si.

É claro que Lady Violet não gostou nada da ideia como podemos ver nesta deliciosa conversa com Isobel Crawley, sua eterna inimiga/amiga.

Isobel: People have always tipped the butler to look ‘round a house. Even Elizabeth Bennett wanted to see what Pemberley was like inside.
As pessoas sempre deram gorjetas para mordomos para verem casas. Até Elizabeth Bennet quis ver como Pemberley era por dentro.

Lady Violet: A decision which caused her a great deal of embarrassment if I remember the novel correctly!
Uma decisão que causou a ela grande constrangimento se bem me lembro do romance.

Agora digo eu: se me bem me lembro do romance os Gardiners e Elizabeth não deram gorjetas para senhora Reinolds. Estou errada?

Downton Abbey Elizabeth Bennet

Downton Abbey Elizabeth Bennet